Prisões

tumblr_static_tumblr_static_avlw95ceuxc84w40gcg4gw04s_640

Somos prisioneiros sem grades, algemados sem algemas, trancados sem cadeado e livres sem liberdade. Somos escravos de nossos próprios amores, acorrentados em nossas próprias rotinas. Não sabemos dizer não. Não sabemos mudar, ou lidar com a mudança. Num país conhecido pela liberdade de expressão, não nos expressamos. Num lugar onde abundam várias opções, não sabemos escolher. Num país que abriga todo tipo de raça, ainda existe preconceito.

Somos presos às nossas próprias opiniões, não sabendo abrir os olhos quando, por vezes, estamos errados. Somos presos à amizades que não nos permitem conhecer outros mundos. Somos presos à uma religião por tradição, sem buscar o real conhecimento nela. Somos presos à um emprego, como se não houvessem mais oportunidades, alternativas, possibilidades. Somos presos à um sentimento que chamamos de amor, mas não sabemos amar. Somos presos ao time de futebol, sem se importar com as circunstâncias. Somos presos à vícios que, mesmo com o livre arbítrio, não conseguimos largar. Somos presos ao orgulho, a ganância, ao dinheiro.

E a liberdade, onde está? O que sabemos sobre ela? Sejamos mais felizes, mais sinceros, mais livres. Sejamos donos de nós mesmos, senhores de nossas vidas. Sejamos, independente onde, por quê ou com quem. Sejamos menos hipócritas, mentes mais abertas. Sejamos atitudes, muito além de palavras!

— Jayane Condulo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s