Não é preciso ser bonito para ser feliz

ze-bonitinhoAlgumas pessoas nasceram apenas para nos ensinar algumas lições. Pessoas que não dependem de aparência, circunstância, saúde ou ostentação para esbanjar (e contagiar) felicidade por aí.

Não é preciso ser bonito para ser feliz.

O grande problema da sociedade, é se importar mais com os padrões que lhe são impostos do que com a essência em si. A sociedade nos impõe um padrão de beleza que nunca alcançaremos. Homens e mulheres lutam contra a ilusão de perfeição dia após dia.

Zé Bonitinho podia ser tudo, menos bonito. Não aos olhos de nossa sociedade, pelo menos. Mesmo assim, fazia questão de mostrar sua auto-estima confiante, personalidade sedutora e alegria impactante. Resolveu fazer de sua vida uma comédia, literalmente. E conseguiu.

Não é preciso ser bonito para ser feliz. Mas é preciso ser feliz, para se tornar alguém bonito.

— Jayane Condulo.

(Jorge Loredo, o Zé Bonitinho, morreu aos 89 anos na manhã do dia 26 de março de 2015, devido à complicações respiratórias.)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s