Os olhos da sociedade

magnifier-424566_640Ah, o jornalista!

Como é admirável a função de informar, noticiar, transportar o indivíduo para o local de um acontecimento, sem nunca ter estado lá.

Mesmo que a imparcialidade nem sempre seja verdadeira, mesmo que a pauta nem sempre seja aprovada, mesmo que pequenos jornais nem sempre sejam notados… é absolutamente encantador poder servir, no mais profundo sentido da palavra.

É claro que, com os avanços da tecnologia, ficou muito mais fácil prestar esse tipo de serviço.

Segundo a jornalista, professora e orientadora do livro Mestres da Reportagem, Patricia Paixão, os novos meios de comunicação tornaram essa profissão ainda mais concorrida, porém a importância continua a mesma. Ela conta que antes da Internet, para encontrar fontes para suas entrevistas, era preciso consultar uma lista telefônica, ou até mesmo ir a bibliotecas, num processo muito mais trabalhoso e demorado. Hoje, acessamos ao Google, e recebemos instantaneamente toda a informação de pesquisa que precisamos.

Para Patricia, o estudante de jornalismo hoje tem a obrigação de produzir uma matéria perfeita, muito mais que antigamente, pois ele tem todas as ferramentes na mão, sendo possível até mesmo mandar a matéria pronta para a redação de seu próprio celular, com fotos em alta resolução. “Por outro lado”, continua, “hoje qualquer pessoa pode dar um ‘furo’, mesmo sem ser jornalista. Se o indivíduo estiver no local de um acidente, ele pode tirar fotos em tempo real e mandar para uma emissora, podendo chegar antes das informações de um jornalista. O público se tornou emissor e receptor da mensagem ao mesmo tempo, isso deixa nosso trabalho mais concorrido. Por mais que todo mundo se ache um pouco jornalista, sabemos que o verdadeiro Jornalismo exige checagem, apuração e mais uma série de outras coisas.”

O fato é que não vivemos sem essa profissão. Seja no jornal impresso ou digital, o papel da comunicação e informação é indispensável para a sobrevivência da humanidade.

Que possamos amar cada dia mais a nossa visão, uma vez que Jornalismo nada mais é que os olhos da sociedade.

— 7 de abril, dia do Jornalista.

Por: Jayane Condulo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s