Sorriso de Criança

crianca-sorrindo02

É impossível pensar em Dia das Crianças e não encaixar sorrisos. Não há estudos que comprovem, mas existe uma grande probabilidade que esses pequenos sejam os maiores geradores de sorriso já existentes na Terra. Se você parar pra pensar, vai perceber que pode aprender muitas lições com o sorriso de uma criança. A prioridade desses seres ainda em formação é, simplesmente, ser feliz, e não há nada que possa atrapalhar a busca por tal objetivo. O choro é ignorado segundos depois de uma mágoa para que a brincadeira recomece. A dor de um machucado é esquecida assim que alguém lhe faz rir. E como se o objetivo de ser feliz não fosse o suficiente, elas ainda insistem em fazer sorrir todos que estão ao seu redor.

Basta 5 minutos com essa garotada, e te farão sentir as melhores sensações do mundo. Te elogiarão (quando disserem que você é legal), te notarão como nenhum(a) namorado(a) nunca o fez (quando falarem que seu cabelo é duro, sua roupa é bonita, seu nariz é esquisito, etc), te darão abraços grátis (coisa rara nos dias de hoje), invadirão a sua mente e te lembrarão o gostinho da infância. Te farão sorrir com seus sorrisos!

Essa combinação criança-sorriso é tão natural, que falar sobre meninos e meninas tristes, doentes e sem esperança, nos deprime instantaneamente. Não faz sentido para nós. Deveria ser proibido. Para as tais, o Dia das Crianças costuma ser só mais um dia, ou menos um. Não têm ânimo para sorrir, que dirá para gerar sorrisos alheios. Felicidade? Não existe, é ilusão. E infelizmente, essa é uma realidade muitas vezes ignorada, e mais presente do que se imagina.

Mas não vamos generalizar. Façamos justiça àqueles que insistem no sorriso de alguém. Aqueles que acreditam na vida, lutam pela felicidade e animam os caídos. Aqueles que não desistem da fé de um dia melhor, e cobram em troca de seus trabalhos apenas o sorriso. Ah, o sorriso! Imagine uma recompensa melhor que os olhos de uma criança brilhando em sua direção, e sua boca entreaberta num largo agradecimento por ter-lhe feito esquecer o que o leito de um hospital tanto a insiste lembrar!

Acredito piamente que ouvir “hoje Deus veio me visitar”, como Toninho Tadeu ouviu após uma de suas apresentações como palhaço, não tem preço. O voluntário da ONG Operação Conta Gotas declara que nunca vai se esquecer daqueles olhos lacrimejantes que lhe disseram tal frase, assim como não apaga da memória nenhum dos sorrisos que consegue ao longo da carreira da vida. Ele próprio se emociona apenas ao lembrar de tais momentos, diz que cada sorriso fica gravado em sua mente de maneira especial.

unnamed

Toninho Tadeu – voluntário na ONG Operação Conta Gotas

Mas não se iluda. Realizar esse tipo de trabalho não traz nenhum glamour. Não há remuneração, não há auxílio do Governo, nem sempre tem material disponível, quase nunca existe verba. Não há sequer um apoio unânime da sociedade, pois existem pessoas que nem consideram tal ação um trabalho digno. Esnobam, criticam, são descrentes de que não passa de uma brincadeira nas horas vagas. Pobres coitados, mal sabem o erro que estão cometendo com tais opiniões. A verdade é que esses pensamentos nada interferem na força de vontade dos heróis do sorriso!

Nossos heróis não se deixam abater pela desmotivação que vem daqui ou dali. Entram pelas portas de hospitais, asilos e orfanatos como verdadeiros vendedores de sonhos, escancarando as janelas de esperança trancadas em cada coração. Toninho diz que tem que se virar, mas não se importa com a resposta do público, sendo negativa ou positiva, não o fazem parar. A reprovação de alguém é insuficiente para barrar a grande máquina que existe dentro dele, com o poder de resgatar os sorrisos perdidos. O sorrisiologista, juntamente com seus colegas empenhados na mesma missão, enfatiza que em tal trabalho não há restrições: “O objetivo é fazer sorrir qualquer que esteja triste, deprimido ou sem esperança; não distinguindo raça, credo religioso, posicionamento político, etc.”

Despir-se de preconceitos também faz parte do objetivo de Dário Teixeira, idealizador do projeto Semeando Alegria. “Nossa missão é levar alegria a qualquer ser humano ou até mesmo animais”, conta. Ator, formado em Recursos Humanos e em Gestão de Brinquedotecas, Dário diz que as técnicas do riso são fundamentais na recuperação dos pacientes, trazendo força e alegria.

11947529_1486994384946850_5765594904949245674_n

Dário Teixeira – Voluntário na ONG Semeando Alegria

Assim como Toninho, e todos os outros voluntários em ações semelhantes, Dário também enfrenta diversas barreiras para a realização do projeto. O investimento nessa causa é quase inexistente, além da má divulgação nas grandes mídias. Ele destaca que os meios de comunicação deveriam expandir os trabalhos sociais, mas isso não ocorre. Esse problema torna-se cada vez maior, gerando ainda outra dificuldade: pessoas com desejo de integrar a equipe porém apreensivos de tamanhos empecilhos, atrasando assim, o crescimento dos sorrisiologistas.

Não que isso desanime, pelo contrário. A má aceitação de uns ou outros apenas reforça a sua garra de contornar situações que bloqueiem o sorriso. O rapaz relata um momento de sua vida que roubou-lhe a alegria, quando aos cinco anos foi abusado sexualmente por três vezes. Para ele, cada sorriso que faz nascer nos lábios de uma criança é mais um degrau de sua superação, fazendo-o acreditar numa infância melhor daquela que conheceu. A lembrança do momento trágico quando menino não o faz estremecer, pelo contrário; cita o episódio abertamente, ressaltando que utiliza esse acontecimento como técnica para ajudar outras pessoas.

Nossos heróis deixam a criançada participar das apresentações, brincam, cantam, tocam, contam piadas. Tudo é válido para gerar sorrisos. Em resposta, os pequenos dão risadas, sorrisos e gargalhadas, numa eterna dívida de gratidão. Pedem para que os heróis voltem, não os abandonem, morem com eles. Seus sorrisos são a recarga da qual necessitam para prosseguir nessa longa viagem ao paraíso de alegrias. Mas enquanto o paraíso não chega e nossos heróis se despedem, os lábios pequeninos se fecham para dar espaço às lembranças. Lembranças dos momentos bons, lembranças de cada sorriso, lembrança de nossos heróis.

Por: Jayane Condulo.


VOCÊ TAMBÉM PODE SER UM GERADOR DE SORRISOS!

SAIBA MAIS SOBRE ESSE TRABALHO E PARTICIPE DE TAIS PROJETOS!

61081_145084905641354_1967446279_n

ONG Operação Conta Gotas

SITE | FACEBOOK | INSTAGRAM | TWITTER

Contatos: contato@operacaocontagotas.com.br

11705178_1466043903708565_3948289676417299435_n

ONG Semeando Alegria

FACEBOOK | INSTAGRAM

Contatos: ongsemeandoalegriasp@gmail.com

Anúncios

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s